Tranqüilidade?

Nenhum comentário

Tranqüilidade?

A
tranqüilidade;

Pensei que
estava vivendo

Que já não
tinha motivos para me preocupar,

Que já não
queria tentar,

Que já havia
superado os sonhos antigos.

 

Pensei que já
estava tranqüila;

Que poderia
continuar

Vivendo com
novos planos

Com novos
desejo

Pensei que já
poderia deixar tudo para trás,

Pensei que já
havia escolhido o meu caminho

Que todas as
duvidas tinham ficado para trás

Pensei que
finalmente conseguir

Decidir o que
quero.

 

Me, vejo
novamente perdida,

Sem saber o
que quero

Desejando o
que sei que não posso desejar,

Me, vejo
novamente sem saber para onde ir,

Sem saber
como continuar,

Por onde
seguir.

 

Depois te
tanto tempo

Com a certeza
que já estava lá

Que os sonhos
infantis eram

Apenas sonhos
de criança,

Já sem
importância

Agora vejo
que aqueles sim

Eram os
importantes

Que os novos
só nasceram

Para ajudar a
alcançar

Aqueles
infantis.

Afesua Kynomatsu 13/05/2010


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s