O Jogo.

Nenhum comentário

 

Dês aquela manha me perguntava por que havia aceitado aquele jantar, eu sou uma mulher simples gosto  meu trabalho, goste de passar as minhas hora livre sem casa jogando vídeo games, lendo livros e assistindo filmes e series, nuca goste de lugares com muitas pessoas e nunca fui de sair para baladas ou este tipos de coisas, nuca me importei em ter poucos amigos e nunca tive a necessidade de estar sempre ao lado deles, mas ao que parece eu gostar destas coisas eu não ter a necessidade de estar sempre com outras pessoas e principalmente não ter a menor urgência em encontra um companheiros faz com que as pessoas pensem que eu tenho algum tipo de doença como a depressão.

Então para acalma a angustia de uma prima que vivi me convidando para conhecer caras novos e falando que minha vida era muito solitária e que eu precisava fazer algo para mudar isto, ela nem uma fez se perguntou se eu sentia falta disto, e devo contar aqui que pelo o nível de stress de meu trabalho, sou bombeira socorrista, todos são obrigadas a passar por consultas com psicólogos todas as semanas pois sim e muito comum algumas situações nos afetarem, se apresentamos qualquer doença saímos de licença até nos recuperamos, então não vivo assim por doença mas por que sou feliz assim, mas precisa tranquilizar a minha prima para ter paz e sucesso por alguns dias, um janta com ela o namorado dela e o amigo do namorado não seria algo horrível, as vezes realmente é bom fazer algo diferente, porem quando nos queremos o diferente não para alguém para de nós perturbar.

Então aquele dia já não acordei muito animada, teria o lançamento de uma segunda temporada de serie e que queria muito ver, tentei convencer a minha prima a jantarmos em minha casa mas ela sabia que iria me desligar dele e assistir alguma coisas, na caprichei ao me arrumar para sair não queria sair e não consegui uma desculpa para não ir pois minha prima foi até minha casa três hora mais cedo, não me deixou em paz um minuto sequer perguntando o que iria vestir como seria minha maquiagem que sapado eu iria colocar, eu a ignorei e permaneci no meu jogo no computador, quando falta uma hora para o jantar ela já estava surtando pois não tinha entrado no banho ainda, fui pois já estava na hora, tomei o meu banho sequei o meu cabelo em meia hora, ela ficou furiosa pois não achava que usei os produtos certos para meu cabelo neste tempo, mas eu esta feliz com eles ela achava que precisavam e mais brilho.

Fiz minha trança habitual, como iria a uma restaurante simples um pode sempre ia almoçar na minha hora de almoço achei que uma calça jeans e uma camiseta seriam suficiente, coloquei um tênis caramelo que tenho com alguns detalhes prateados, so conseguir vesti estas coisa pois tranquei a porta do meu quarto, passei o lápis no olho e o batom a única maquiagem que gosto de usar diariamente, ainda faltava 15 minutos par ao namorado ela chegar para nos buscar sabia que se saísse antes dele chegar ela entraria e bagunçaria o meu armário atrás de algo melhor, a questão é eu não tenho o tipo de roupa que ela acharia apropriada, ela sabe disse e trouxe roupas dela para me emprestar mas se vou conhecer alguém n ovo será com as minhas própria roupas será mostrando quem sou e a pessoa terá que gostar de mim assim, mas sabia que minha prima não iria aceitar, meu celular e li algumas paginas de um livro com um enredo de fantasia muito bom, a campainha tocou, deixei ela abrir a porta quando ela começou a reclamar que iriamos n os atrás sair do quarto.

O choque da minha prima com as minhas roupas foi engraçado, o namorado dela se segurou para no rir pequei a minha bolsa tipo mochilinha e coloquei nas costa ela odeia este estilo de bolsa eu amo e só tenho bolsas assim, sai pela a porta antes dela poder me segura para me força a me trocar e como o esperado ela foi o caminho inteiro reclamando de minhas roupas não liguei nem um pouco para as reclamações dela, o local não era muito longe de casa então em dez minutos já estávamos lá e ela não poderia reclamar mais na frente do cara.

Chegamos lá o rapaz que ela queria me apresentar já havia chegado, ele não esta vestido muito diferente de mim calça e camiseta, era um homem realmente bonito, não muito alto com músculos definidos olhos castanho e cabelos negros que entravam em contrastes com a pele clara não parecia se alguém que sai a rua e toma sol, talvez tive os meus Hobbies que eu poderia dar certo pelo menos seria mal alguém para jogar on line comigo.

Ele estava tão sem graça quando eu estava, ao que me parecia ele estava em uma situação semelhante a minha, nem um dos dois queria estar realmente ali, minha prime me olhava com raiva por não estar interagindo na conversa, bom eu não conhecia nada sobre o assunto que ela iniciou sobre decoração de ambiente os três era arquitetos ele participava da conversa mas não com muita empolgação.

Então o garçom do restaurante que me conhecia a muito tempo veio falar comigo eu não sei se minha prima ficou mais furiosa pelo o fato de outro homem vir falar comigo, porem ele me conhecia muito bem e sabia que eu não gostava daquelas coisas, ou se foi o assunto que ele puxou, o lançamento de um jogo novo para um vídeo game portátil que nos dois tinham, nos estávamos bem ansiosos para este lanças jogamos o titulo anterior daquela serie de jogos juntos, por sorte o assunto não interessava apena a mim mas ao rapaz também porem a opinião dele sobre a série de jogos que mais gosto não era positiva, e quando eu disse que aquela era a serie que mais amava ele disse que jamais ficaria com alguém que gostava daquele jogo pegou suas coisas e saiu .

Este foi o máximo para minha prima ela começou a gritar com muita raiva que eu estava estragando a minha vida, que acabara de perder a chance de ficar com um homem bem sucedido seria o casamento ideal para mim, não precisaria mais trabalha se me cassasse com aquele homem, ou pelo menos poderia trabalha em algo de meio período e ter mais tempo para mim, porem eu estragara aqui por causa de um simples garçom que não tinha futuro, neste momento eu me cansei, aquele garçom era o  meu melhor amigo, ele trabalhava duro ali para pagar a faculdade dele, eu sabia o quando ele estava mal aqueles dias pois a ex-namorada dele terminou falando aquelas coisas, então me virei para minha prima e falei.

-Eu prefiro mil vezes me casar com ele do que ter alguém como você ao  meu lado ou na minha vida, você e mesquinha e arrogante não respeita miguem nunca me respeito  eu não sei por que aceitei sair com você, por que ainda te aceito na minha vida, se você não fosse minha prima jamais entraria na minha casa, você não tem o direito de destratar alguém desta maneira você não é melhor do que minguem que trabalha aqui.

Me levantei e sai, meu amigo saiu comigo pedindo desculpa ela apena viu que eu não estava confortável ali e como o turno dele tinha acabado achou que poderia ir me ajudar, eu estava sem carro então aceitei a carona dele para casa, o convidei para subir a serie queria ver ainda não tinha começado poderíamos pedir comida e ver junto pois eu sabia que ele também gostava da série. Após aquele dia ele foi ver todos os episódios comigo e no meio da série começamos a namorar.

Minha prima passou mal aquela noite o namorado dele deve que levar ela para o hospital onde os médicos falaram que sofria de depressão, ela achava a vida dela perfeita e não via os problemas que ela tinha tudo aquilo não a fazia feliz, minha mãe insistiu que a culpa era minha e que eu devia ir a casa dela pedir desculpa,   eu sei muito bem que a culpa não era minha e conseguir convencer a minha ame, mas é claro que o resto da minha família acredito apenas na minha tia, eu não liguei estava feliz com meu namorado que conseguia um emprego melhor era o melhor aluno da faculdade e os professores o indicava para varias empresas, minha prima melhorou um dia veio em minha casa e me pediu desculpas aceitei mas não quis mais ser amiga dela, ela também não me procurou mais, este foi meu pior e melhor encontro.

blur close up device display
Foto por JESHOOTS.com em Pexels.com
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s