A ventania.

Nenhum comentário

Estava voltando para casa, havia passado por um dia cansativo, tenho uma trabalho simples nunca sonhei em trabalhar com isto, para ser sincera tenho muita vontade de trabalhar em outras coisas, mas tenho dois filhos e meu marido também tem um emprego mediano como meu, nossas vidas são bem corridas e nao posso me dar ao luxo de perder este emprego não com dois filhos pequenos onde cada dia tenho uma surpresa, como uma bola na janela do vizinho, alguma doença infantil sempre mas que sempre me faz ficar em casa e neste ponto eu agradeço muito ao meu chefe pois ele não reclama quando preciso ficar com meus filhos estavas pequenas despesas extras de quem tem criança em casa.

Bom aquele dia no trabalho foi algo bem cansativo, pois aconteceram varias coisas estranhas, vários computadores pararam de funcionar sem explicação, após isto iniciou uma forte chuva com muita ventania que que vou parte do telhado do prédio, por sorte eu trabalho na segundo andar mas o pessoal do sétimo não tiveram a menor sorte alguns até se machucaram, bom o resultado foi caos todas, e como meu andar não fora afetado com o telhado tivemos que receber os móveis e equipamentos do sétimo andar, sim na teoria ao seria minha obrigação e como  muitos de me colegas falaram eu poderia ir em bora, mas a empresa sempre me ajudou quando eu precisei então por que não ficar e não ajudar eles também?

Deixei o trabalho no meu horário normal, era dia do meu marido pegar as crianças na escola eu fui no supermercado, que por conda da chuva e ventania estava lotado, eu sabia que em casa tudo estava normal pois minha vizinha que tem a minha chave fez a gentileza de verificar as coisa por lá para mim, parece que na parte da idade onde moro a ventania mal foi sentida fato estranho para uma cidade pequena como a nossa, mas isto me deixou aliviada, porem me faz perder bem mais tempo no mercado do que eu desejava.

Já de volta ao carro a caminha de casa resolvi ligar para meu marido para saber se o que ela achava de compramos uma pizza para o jantar o trabalho dele não ficava longe do quem e eu sabia que alguns bairros ficaram sem luz então provavelmente ele deve um dia tão ruim quando o meu, e provavelmente não iria querer cozinhar também, confesso que ele cozinha muito melhor do que eu, e ele realmente gosta de cozinhar, mas aquele era  o dia para algo simples e descanso o que com duas crianças pequenas era bem difícil.

Parei comprei as pizzas e fui para casa, chegando na rua já achei estranho pois o carro dele não estava na carruagem será que acontecera alguma coisa com as crianças, parei o meu carro e vi que os meninos estavam no sofá de casa estavam assistindo algo na tv, peguei as compras e coloquei no carrinho que deixo na porta da garagem para levar as compras para dentro deixo ao lado da porta da cozinha, deixei o carro do lado de fora da garagem como sempre faço entrei com as pizza pela a porta da frende, os meninos estavam dormindo no sofá, estranhei os acordei com leves sacudidas eles acordaram reclamando o mais falo foi o que levou mais tempo para acordar, perguntei sobre o pai deles eles não sabiam, me falaram apenas que o pai dera a eles leite com chocolate e colocara o filme para verem na TV, era um filme longo e este estava nas senas finais, o copo de leite deles estavam pela metade ainda, os meninos eram muito ativos estranhei muito eles derem dormido, estranhei mais ainda ele recusarem a pizza por estarem com sono e preferirem ir dormir.

Liguei para a minha vizinha o marido dela era medico ela policial estava de licença por conta de uma lesão que sofre, apesar de poder andar ela ainda não estava em forma para voltar ao trabalho, os dois conheciam muito bem os meus filhos, quando contei como os encontrei e que eles preferiam dormir sem dormir os dois logo viram que havia algo estranho, além dos meninos a nossa gata também estava estranha, estava tão preocupa com os meninos que não percebi que ela não apareceu, estava em cima da estande onde ela gostava e dormir, porem ela não acordará minha vizinha olhou para os copos e sabia que  a gata conseguia beber dos copos sem derrubar, ela apegou a gata e a levou par ao veterinário e me falou par aguardar o copos e o resto deles.

Após o meu vizinho me garantir que os meninos estavam bem, ele pegou um dos copos e bebeu um gole esperamos a esposa dele voltar aflitos, eu foi até o meu quarto àquela altura eu já estava desconfiada de alguma coisas abri a porta do armário, do armário de meu marido e o encontre vazio poucos minutos depois ela chegou com a gata, foi apenas uma dose muito forte para ela de sonífero, se os meninos tivessem tomado todo o leite forte de mais para eles também, mas o veterinário consegui fazer a gata acorda esta veio ate mim se esfregar em minha perna eu ainda estava parada olhando para o armário vazio, sem conseguir falar ou chorar, ouvir a vizinha ligando para a policia chamando uma viatura, falando de uma tentativa de homicídio me recusei a achar que ele queria matar os meninos apenas o fazer dormir, ele não foi encontrado em lugar algum nunca tive esta resposta para dá aos meninos.

grayscale photography of trees and house
Foto por Harrison Haines em Pexels.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s