O relógio.

Nenhum comentário

Eu trabalho na mesma empresa a anos, sigo uma rodinha precisa dentro de meu trabalho, preciso ter meu dia bem dividido e organizado para conseguir passar um tempo com meu filhos, para mim tudo estava tranquilo, tinha tempo para realizar o meu trabalho para meus filhos e para o meu marido, mas estava bom apenas para mim meu marido estava insatisfeito e  meus filhos também.

Eu realmente não sabia o que estava fazendo de errado com eles, mas meu marido passou a reclamar de que eu passava pouco tempo com eles que as crianças sentiam minha falta em casa, bom meu marido era um programado e podia fazer o seu trabalho em casa no horário que ele desejava então sem dúvida era mais fácil para ele dar mais atenção para as crianças, nos separávamos as tarefas de casa eu tinha apenas um horário para fazer elas depois tinha que ir par ao trabalho onde tenho a hora certa para chegar e para sair, então se não planejo tudo corretamente não consegui fazer nada.

Eu realmente não sabia como mudar para agradar eles, eu não podia abandonar o meu trabalho e dedicar mais tempo a ele era diminuir o tempo que dedico ao meu trabalho e ao  meu aprimoramento profissional, porem me esforcei ao máximo para realizar estas coisas apenas no  me horário de trabalho e aumentar o tempo em família.

Porem isto não foi o suficiente e o meu desempenho no trabalho caiu,  logicamente meus chefes perceberão que eu não estava me dedicando tanto no trabalho quando eles, eu não conseguia fazer os projetos no mesmo tempo que ante, não conseguia ler livros novos e conhecer novas técnicas de meu trabalho.

Então após dois messes após a minha mudanças nos horários eu retornei ao meu antigo esquema, e não só por conta da minha cadê de desempenho n o trabalho mas também por que nada melhorou em casa, meu marido permanecia infeliz, reclamando que não queria ter hora marcada para passar um tempo comigo, como eu posso fazer tudo o que precise se não ter um tempo e uma agente para organizar tudo?

Quando voltei ao meu esquema anterior a situação em casa apenas piorou, minha filha mais velha de treze anos, em todas as oportunidade me chamava de “ a paranoica do relógio” , “Tique-taque, você está atrasada.”, “coelhinho branco”, no começou meu marido brigava com ela, mas eu o vi dando um riso pelas minhas costas, eu realmente não sabia  o que fazer para satisfazer eles sem prejudicar o meu trabalho.

Uma noite que não era a reservada para receber visitas, minha irmã mais velha e minha mãe foram até a minha casa, meu marido  me fez deixar o meu escritório e ir para sala com elas, mas aquela era a minha noite de estudo não iria deixar o escritório para velas, elas não me avisarão que precisariam mudar o dia, as duas entraram no meu quarto a minha irmã foi e desligou o meu pc da tomada com um puxão do fio de força. Minha mãe sentou na minha frente olhou nos meu olhos é falou.

-Minha filha seu marido me pediu ajuda, ele a ama e não quer deixar você porem isto aqui. -Ela pegou a minha a agenda com todo o meu planejamento de a fazeres, e depois apontou par ao meu quadro da atividade semanal e prosseguiu. – Estas coisas estão deixando você paranoica, quando você era criança eu tinha hora marcada para brincar com você? Brincadeira não tem hora marcada, um tempo com o seu marido não tem hora marcada, você precisa jogar estas coisas fora, você precisa parar com isto eu conheço você sei que você não é esta pessoa, então amanhã no meu dia de visita você será o dia de você ir se consultar com um psicólogo, você precisa se tratar antes que você perca a sua família, eu virei pegar você e irei de levar para a consulta toda a semana. – Eu olhei para meu marido ele me olhou nos olhos e falou com a voz triste.

-Você não é mais a mulher espontânea por quem eu me apaixonei. Quando nossa filha começo a falar aquelas coisa eu percebi o quando as coisas estavam erradas, ela tem apenas treze anos, você precisa buscar ajudar por que eu realmente não sei se consigo permanecer desta forma, só posso fazer carinho em você na hora certa, isto não é normal, isto não pode estar de fazendo bem, não esta fazendo bem para nosso família, eu te amo eu preciso de você, mas esta mulher que está na minha frente hoje não é a minha esposa, você precisa descobri o que esta errado para podemos arrumar juntos.

gold pocket watch
Foto por John em Pexels.com

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s