O par de brinco.

Nenhum comentário

Não era um dia comum, era para ser um dos dias mais importantes de minha vida porem foi o dia que fui mais traída e enganada foi facilmente o pior dia da minha vida, e você vai ser que não foi exagero meu.

Bom como todo final de ano escolar estava acontecendo o baile da escola, mas era o baile de formatura, o baile mais importante de todos o baile que iria se a despedida de uma fase da minha vida, a despedida de amigos, o inicio de coisa novas e surpreendentes, agora você está ai pensando veja só é mais uma adolescente traída no baile pela melhor amiga com o seu namorado, ta bom isto também aconteceu, mas não foi nem de longe a pior parte, mais contarei isto primeiro sim, afinal foi por isto que descobri o pior.

O dia estava indo bem eu era uma das responsáveis pela organização do baile, então pela manha estava lá terminando as ultimas decoração e organizando tudo o que faltava, eu estava ansiosa precisava que tudo deve certo queria sair de lá com grandes recordações de todos os meus amigos, precisava que eles saíssem de lá com boas recordações da escola.

Tá talvez eu precise explicar melhor esta parte, não eu não sou uma boa garota, na verdade muitos do que são meus amigos hoje passaram  a maior parte do ensino médio me odiando, sim ele tinham razão para isto eu, eu era uma pessoa cruel egoísta e maltosa, eu até acho que algumas das coisa me acontecerão foram realmente merecidas, como eu disse eu não sou uma boa garota, sim sei que fiz errado tento melhorar mas ainda estou muito longe de ser  uma boa garota, as pessoas realmente tinham motivos bom o suficiente para me odiar, sim naquele dia eu achava que as pessoas tinham me perdoado que compreendiam que eu estava fazendo o meu melhor para melhorar, mas tem feridas que são profundas demais para serem apagadas com um simples pedido de desculpas.

Quando sair da escola fui diretamente para a loja onde mantei fazer o meu vestido, um belo vestido azul turquesa, minha mãe me dera um par de brincos que pertencerá a  minha bisavó, um presente de meu tataravó para a formatura dele, acabou passando pra minha avo, minha mãe e agora era meu, um par de brincos de um raríssimo diamante azul, descobrimos que na verdade era apenas uma bijuteria barata, porem minha bisavó estava muito triste por algum motivo que não sei bem e o pai dela contou esta historia que o brinco era raro para anima-la, eu realmente não me importo ele era bonito e representava a história de nossa família iria usar ele com orgulho e por isto escolhi o vestido na cor que combinaria melhor com ele.

Ao chegar na loja estava uma loucura e descobri que o meu vestido dos sonhos fora enviado para outra pessoa por engano fiquei furiosa e chateada, a dona da loja me deu um novo vestido era também bonito sim, um rosa bem claro com uma fita de cetim na cintura um tom acima do resto do vestido uma saia brotada com rosas na barra, me vestiu muito bem como se fosse feito por medida para mim, mas não combinava em nada com os brincos que usei mesmo assim.

Meu namorado como eu já sabia não foi me pegar pela o baile, ele me avisara que não poderia por um problema no carro e como eu era uma das organizadoras precisava chegar cedo, meu pai me levou até o baile, as coisa estavam indo conforme eu planejara, estava aliviada os paneis eletrônicos com as fotos de todos os alunos que iam se formar estavam funcionando perfeitamente, vi muitos parados na frente deles olhando as fotos e rindo com elas, todos estavam se divertindo felizes eu conseguia o que desejava.

Foi neste momento que eu acreditava que nada mais poderia dar errado, que uma das meninas uma das quais eu jurava que jamais iria me perdoar veio até mim, e fez exatamente isto, começou a conversar comigo disse estar feliz por ver o meu esforço para melhorar, sim ela estava sento sincera, sim ela estava me distraindo para não ver o que estava acontecendo, mas não para ajudar as pessoas mas por que ela realmente achava muito errado o que estavam fazendo comigo, ele realmente achava que eu estava me esforçando para melhorar, mas foi impossível ele me proteger do que aconteceu, sei que esta parte você já está desconfiando o que foi.

Comecei a ouvir pessoas sussurrando, notei alguma me olhando e apontando para a entrada do baile as minhas costas, me virei a menina que veio falar comigo segurou a minha mão, ela estava ele meu namorado entrando de braços dados com minha melhor amiga usando o meu vestido, os dois pararam no meio da pista começaram a danças, e ele a beijo, um beijo quente apaixonado, aqueles beijos de cinema que causa inveja em todos e felicidade pois é um beijo de amor verdadeiro.

Eu fiquei em choque ao ver aquela cena, não sabia se gritava, se ia lá e rasgava o vestido dela, se dava um tapa na cara dele, a menina que estava segurando a minha mão me puxou para fora do ginásio, me levou para um dos corredores da escola, eu a abracei e chorei, sim estava não foi a pior parte, quando estava ali abraçada com ela estávamos de frente com a porta de uma das sala de aulas, lá estava o meu pai, lembra que ele me levou par ao baile por que o meu namorado não ia me buscar para chegar no baile com a minha melhor amiga e ladra de vestidos.

Sim meu pai estava lá na sala com uma de minhas professora, eles estavam se pegando com um beijo de cinema como o que tinha acabado de presenciar, sim foi pior ver o meu pai se agarrando com minha professora do que ver o meu namorado me traindo, para mim foi uma traição muito pior, lembra dos brincos este talvez seria o ultimo presente que minha mãe iria me dar, ela estava muito doente, os médicos não sabia se seriam capazes de ajudar ela a se curar, ai você pensa então por que você estava neste baile por que você se esforçou tanto para eles, ainda mais se você sabe que as pessoas não gostavam muito de você?

Foi por ela logico que o baile era algo importante pra mim, mas pela a história de minha bisavó era importante para ela, para minha avó que estava em casa me ajudando a me preparar, o baile era algo importante para ela, as pessoas a minha volta sabia disto aquela menina que naquele dia se tornou uma grande amiga mas que até então era apenas uma pessoa com quem eu já havia cito muito cruel, sabia da historia do brinco, sabia da doença da minha mãe, sabia como o dia do baile era importante para ela, então meu namorado sabia muito bem disto, minha melhor amiga também e o meu pai, a como o meu pai sabia da importância daquele dia, o dia que ele pediu a minha mãe em casamento e lá estava ele traindo a minha quando nos nem sabemos que ela iria sobreviver.

Então sim aquela foi a maior traição, aquela foi a pior coisa que poderia acontecer naquele dia, sim ele podia não estar mais apaixonado por ela, isto é compreensível mas trair um mulher que estava no hospital que os medico não sabem se o tratamento irá pode salvar ela, e naquele dia a minha avo soube apenas não me contou que o tratamento não estava funcionando ela estava piorando ele não podia esperar? Eu era uma pessoa cruel, eu era uma pessoa egoísta eu sei muito bem disto, mas aquilo era um nível que eu não podia suportar, ainda mais que foi ele que me aconselho a ser uma pessoa melhor, a pensar mais nas pessoas a minha volta a ser mais gentil com as pessoas, a traição de meu namorado com o empo eu pude esquecer, mas a traição de meu pai, semanas antes da more de minha mãe isto eu nunca pude superar.

close up photo diamonds stud earrings
Foto por say straight em Pexels.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s