O vestido florido.

Nenhum comentário

Muitas coisas já haviam acontecido em minha vida, passe por momento difíceis e complicados, mas superei estas coisas me curei e seguir com a minha vida, eu estava bem, estava em um bom emprego seguia manhã vida de forma normal e calma, estava realmente bem, comeu noivo fazendo os planos para nosso casamento queria pensar apenas em coisa boas aquele último ano não fora feliz e eu precisava mudar isto.

Mas um dia isto mudou, aconteceu exatamente um ano após a morte de meu pai, ele deve uma doença rara e incurável, lutou por messes porem infelizmente ela não conseguiu mais lutar contra a doença. Então aquele dia já estava cento difícil para mim, as lembras dos últimos messes de vida dele e algo doloroso para mim, consegui sair mais cedo do trabalho para ir até o cemitério deixar flores para ele e para minha mãe.

Minha mãe morre anos antes do meu pai, ela era uma policial morre em combate, eu era apenas uma criança quando isto aconteceu, cresci sem ela tenho pouquíssimas lembranças dela, meu pai se casara de novo a nova esposa dele sempre me tratara como filha e eu a amava como minha mãe, me surpreendi quando ela aceitou enterrar ela ao lado de minha mãe.

Após deixar o cemitério eu resolvi passar em um café, um lugar pequeno aconchegante que servia um bolo de chocolate com morangos que eu amava, então resolvi ir até lá comprar um pedaço e um café, sentei em uma mesa bem no fundo do cave, relativamente reservada, com uma boa vista para a rua. Goste de me sentar lá para escrever os meus contos para a revistas, olhou as pessoas e imagino a vida dela e escrevo sobre.

Foi ali sentada observando as pessoas com o me notebook  aberto em minha frente que eu vi, uma mulher muito bonita, com cabelos longos loiros, ela usava um vestido com saia na altura dos joelhos frisada e rosa, a parte de sai era com gola fechada branco e florido mangas curtas, ela me chamou atenção pelo o vestido o achei bonito, e tinha uma caimento muito bom nela, ela usava um sapatinho com pequeno salto, vermelho com uma tira com a fivela no tornozelo.

Ela estendeu a mão para alguém não era possível ser ele, fiquei paralisada por alguns momentos, talvez não fosse nada porem ela o beijo um beijo apaixonado, meu noivo lá com ela, o meu pedido ainda não tinha chego então eu fechei meu notebook e  fui embora, passei por eles esperando em meu noivo de propósito, entrei no meu carro e o vi me olhando assustado tive pena dela, ele não engava apenas a mima mas a ela, ela não compreendeu o que estava acontecendo perguntou para ele quem era, ela me viu chorando foi até o carro falar comigo.

A cara de desespero de meu noivo quando me viu contando o que estava acontecendo foi o que me deu forças para continuar a falar, o chora dela me deu mais raiva ele, abri a porta do passageiro e a mandei entrar, ela me contará que eles estavam junto a três anos, ele começou a sair comigo na mesma época, enganava nos duas, ele estava com casamento marcado com ela também alguns messes após o nosso.

Ela tinha acabado de perder o emprego eu ajudei alugamos um apartamento juntas, viramos grande amigas e juntas encontramos homem melhores para nós, aquela felizmente foi a última grande tragédia da minha vida, após aqui ganho uma nova amiga, uma irmã, encontrei um homem que me amava com quem me casei e tive dois lindos filhos.

adults art attractive beautiful
Foto por Pixabay em Pexels.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s