A Brisa.

Nenhum comentário

Nunca me esqueci daquela brisa,

Aquele suave sobre em meu rosto,

Tão suave,

Agradável,

Por um instante me fez esquecer,

Toda a dor,

Toda angústia.

 

Nunca me esqueci daquela brisa,

Sua suave e agradável,

Nunca me esqueci do efeito dela,

Ela sobrou tão suave,

De forma tão inesperada

Que me assustei.

 

Nunca me esqueci daquela brisa,

Nunca me esqueci daquele susto,

Aqueles poucos segundos,

Me fizeram parar,

Me fizeram lembrar.

 

Nunca me esqueci daquela brisa,

Que me fez lembrar como era a vida

Sem a dor,

Sem a angústia,

Que a sua presença em minha trouxe,

Que me fez lembra que a vida era melhor

Antes de você.

 

Afesua Kynomatsu 21/10/2019

woman standing on shoreline
Foto por Griffin Wooldridge em Pexels.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s