Falência

Nenhum comentário

  Estava em um momento delicado de minha vida, várias coisas aconteciam em vários setores de minha vida.  Minha careira ia bem até a empresa para qual eu trabalhava fora vitima de uma fraude e por conta desta corria o risco de fechar as portas, eu via vários colegas meu serem demitidos, meu chefe me garantia que iria me segurar lá o máximo possível porem eu sabia que era uma questão de tempo.

Minha situação no trabalho acabou refletindo em minha vida pessoal, primeiro pera a insegurança não qual estava, segundo por que meu marido também trabalhava lá, nos conhecemos no trabalho, ele trabalhava em outra are que foi totalmente fechada, o que o deixou muito insatisfeito e me pressionava para deixar, porem eu não ia sair ater ter outro emprego pois eu tinha um salário e não era hora de abrir mão disto não com ele desempregado, eu cansava de falar que só sairia do trabalho se um de nós já disse outro, porem ele estava com raiva da empresa e me queria fora de lá.

Eu sabia que ele estava certo não tinha muito mais o que se fazer a empresa iria fechar as portas, eu estava procurando outro emprego tinha outras propostas porem elas não estavam certas além que as minhas três opções me fariam me mudar de cidade o que colocava em jogo muitas coisa e ate mesmo ele, que sempre me falara que não trocava a cidade que morávamos por nada. Em uma noite que eu estava particularmente mais irritada, e ele frustrado   por não conseguir emprego apenas em uma outra cidade uma das quais eu tinha um proposta, eu resolvi falar para ele sobre esta proposta que talvez seria a saída para nós, por mais que amassemos a nossa cidade infelizmente para o nosso bem deveríamos deixa-la. Ele se enfureceu mais ainda ao saber que eu tinha outras propostas porem elas só eram em outras cidades.

Eu não aguentei sair de casa fui para de meus pais algumas quartas da minha eu estava cansada de brigar com ele, era apenas o que acontecia naquelas últimas duas semanas, eu precisava de um descanso de um momento de pais. Chegando na casa de meus pais eu passei mal,  eu sabia que deveria ser stress porem minha mãe não aceito isto me levou para um hospital, e a noticia seria maravilhosa era algo que queria porem   não era mais o momento, eu estava gravida de quase três messes, engravidei um pouco antes de meu marido ser demitido.

Ao sair do hospital eu não quis ir com meu país para a casa deles, precisava falar com meu marido não tinha como continuar   na insegurança que estávamos precisamos aceitar o emprego na nova cidade, não era mais a nossa via apenas tinha agora aquela criança. Minha mãe entrou comigo em casa, meu marido não estava lá, subir queria trocar de rouba ao abrir a porta do armário as roubas dele não estavam mais lá.

Eu não fiquei triste acho que eu esperava isto aquela situação estava acabando com nosso casamento, estava acabando com ele, uma hora depois eu recebi um mensagem dele no celular ela disse apenas que não tinha o direito de me impedir de aceitar uma proposta de emprego como as que eu tinha, eu tinha que escolher a melhor e seguir a minha vida, crescer, ele não queria mais ser um peso para o meu crescimento. Eu liguei para ele, não fui atendida, enviei mensagem falando que a situação mudara eu precisava dele, falei sobre nosso filho a resposta dele foi simples, era um motivo a mais para ir.

Escolhi ir por pura raiva, escolho o emprego que não pagava tão bem porem era um cidade com boas escolhas na qual iria trabalhar na área que eu gostava, meu antigo chefe não ficou bravo ou chateado sabia que ele no apodria me manter na empresa por muito tempo, ele conhecia a cidade mãe ajudou a encontra um boa casa pra mim e minha filha.

Eu fui tão bem recebida no novo trabalho tive medo que por causa da minha gravides não ser aceita lá porem conseguir, trabalhei até o último mês de gravides, meu ex-marido não queria saber de mim e muito menos de nossa filha, meu pai me falou que ele abria um negocio e estava com outra mulher, se ele não queria saber de nossa filha não ia me da ao trabalho de pedir nada para ele, nem que ele a registrasse seria apenas minha filha e pronto.

Não consegui manter esta promessa,   um mês após eu iniciar no trabalho conheci um colega, novamente me apaixonei por alguém do trabalho, era um homem completamente diferente fisicamente e com a personalidade diferente, nosso relacionamento nasceu aos poucos, quando a gravides estava chegando ao final e minha filha estava quase nascendo ele me perguntou sobre o pai, contei o que aconteceu, que ela não tinha pai que ele preferiu nos deixar ir.

Ele não me falou nada, estávamos iniciando um relacionamento eu ainda estava com medo de iniciar algo, sabia que minha filha iria precisar de muita atenção, ele me acompanhou no hospital, lá falou ser  da criança, ele foi ao registro da com a enfermeira e registro a minha filha como dele, ele disse não se importar se nosso relacionamento não desse certo ela seria a filha dele pelo o resto de sua vida eu não poderia mais mudar isto, por que ele sabia que pelo o resta de nossas vidas estaríamos juntos, nunca havia sonha em receber um prova de amor daquele tamanho.

adult adventure baby child
Foto por Pixabay em Pexels.com
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s