A cela.  

Nenhum comentário

Você não me notou ali,

Eu não notei você,

Estávamos lá,

Com nossas angústias,

Com nossas dores

Estamos presos em nossas almas.

 

Nas nossas prisões foram

Construídas por nós mesmos,

Coloca-nos cada tijolo,

Cada barra de ferros,

Trancamos a porta,

E depois atiramos a chefe para longe.

 

Nossa sela era confortável,

Eu vi a sua,

Eu sentia a sua presença,

Eu sentia a energia

Que me atraia para a sua sela,

Mesmo assim não fiz nada

Para recuperar a minha chave.

 

Eu podia destruir aquela cela,

Podia deixar aquela prisão,

Eu sentia que encontraria alguém

Que iria comigo para um lugar melhor,

Mas eu preferir a minha cela,

Eu preferir ficar na minha prisão.

 

Eu vi quando você

Esticou sei braço recuperou a sua chave

E saiu.

Eu vi você veio diretamente para a minha cela,

Me olhou nos olhos

Viu que minha chave estava bem mais fácil

Para mim pegar do que a sua estava.

 

Então você se sentou à minha frente,

Ficava ali todos os dias,

Me observava,

Falava comigo,

Nunca sobre a chave.

 

Você ficou ali dia após dia,

Esperou,

Esperou,

E esperou.

 

Eu sabia que você esperava por mim,

Eu sabia que podia sair daquela cela quando eu quisesse,

Eu queria sentir o seu braço,

Eu queria sentir o seu beijo,

A chave estava ali

A poucos centímetros,

Você estava ali a minha espera.

 

Quando eu peguei a chave,

Você fingiu não ver,

Você sabia que ela está em minhas mãos,

Me perguntava por que você não pegou a chave?

Por que você não abriu a porta e não me tirou dali?

 

Você permaneceu ali,

Com a mesma paciência

Dia após dia,

Você esperou,

Esperou

E Esperou.

 

Fingiu ignorar,

Os meus pequenos passos para fora,

Fingiu não ver que pouco a pouco

Estávamos mais perto um do outro,

Não demostrava surpresa quando eu iniciava a conversa,

Ficou ali me esperando.

 

Quando estava bem perto de você,

Você me abraçou,

Eu não podo mais resistir a fosse,

Eu não estava mais na minha cela,

Eu pertencia a você

E você pertencia a mim,

Nosso beijo apenas selou

O que nossas almas já sabiam.

 

Afesua Kynomatsu 21/01/2020

Entre no nosso apoia.se e ajude a aumentar os conteúdos dos blogs e do nosso Instagram https://apoia.se/eumaiseumaisalguem 

hallway with window
Foto por Jimmy Chan em Pexels.com

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s